Interfaceamento dos equipamentos laboratoriais: como o Matrix Connect pode ajudar

interfaceamento dos equipamentos laboratoriais
8 minutos para ler

O interfaceamento dos equipamentos laboratoriais permite que o Sistema de Gestão Laboratorial (LIS) e os instrumentos analíticos fiquem integrados tornando o processo eficaz e rastreável. Por meio dessa tecnologia, pode-se constatar com facilidade, pontos críticos que ocorram durante qualquer etapa, de cada atividade analítica realizada na área técnica do laboratório.

Desse modo, é fundamental que os laboratórios usem um software confiável e amplamente testado em muitos laboratórios, como o Matrix Connect, que pode deixar a gestão da produção laboratorial muito mais eficiente. Tal automação oferece agilidade no processo e evita erros que poderiam ser cometidos na realização manual de algumas tarefas rotineiras.

Quer saber como ele agiliza os processos diários de maneira segura e prática? Continue a leitura deste artigo, que foi produzido com base em uma entrevista realizada com a Andressa Granata, que é Consultora de Projetos da Matrix.

O que é o interfaceamento de equipamentos laboratoriais e qual é a sua importância para a gestão do laboratório?

O interfaceamento de equipamentos laboratoriais permite a comunicação entre o LIS e os equipamentos que processam os exames. Ou seja, o interfaceamento é um recurso que traz automação para o laboratório e, assim, gera celeridade, produtividade, segurança e rastreabilidade ao processo como um todo.

Quando se conta com um software que não oferece uma comunicação adequada, pode-se colocar em risco toda produção, o funcionamento da empresa e, como conseqüência, prejuízo no atendimento ao paciente. Erros nos exames acarretam repetições e atrasos na emissão de laudos, entre outros problemas.

Por isso, usar um software eficiente e confiável, como o Connect, é de extrema importância para o adequado funcionamento do laboratório. Outro ponto muito importante é que o fornecedor da solução tenha um nível de suporte eficiente e disponível. Alguns dos benefícios observados na prática são:

  • controle baseado na leitura de códigos de barras, o que evita a identificação errada da amostra;
  • programação automática dos equipamentos, evitando a dosagem de analitos errados;
  • programação automática de vários equipamentos ao mesmo tempo;
  • o instrumento recebe as informações completas do paciente, como idade e sexo, permitindo diluições e repetições automáticas;
  • dispensa a digitação dos resultados, o que evita a transcrição de dados com erros e a liberação do digitador para outras atividades;
  • o resultado é disponibilizado imediatamente após o processamento do mesmo, com opção de liberação automática.

Como funciona o Matrix Connect e como ele pode ajudar no interfaceamento laboratorial?

O Matrix Connect é o sistema de gestão da produção e interfaceamento da Matrix, que conta com mais de 1000 drivers desenvolvidos ao longo dos anos. Isso permite que ele faça “a ponte” entre qualquer LIS com praticamente todos os equipamentos do mercado laboratorial.

Por ser um produto robusto e confiável, utilizado por centenas de laboratórios, ele proporciona estabilidade na conexão. Com esse sistema de automação, os processos rotineiros ficam mais rápidos e seguros. Isso resulta na otimização de atividades como a utilização de etiquetas para a identificação das amostras, a obtenção de resultados, o cadastro dos pacientes, entre outras.

As principais funcionalidades

O principal conceito do Connect é fazer a comunicação perfeita entre o LIS e os equipamentos laboratoriais. Caso não haja equipamentos a serem automatizados em determinadas áreas, podemos destacar o suporte a técnicas manuais, como parasitologia, microbiologia, biologia molecular etc.

Há ainda a integração com os demais sistemas da família Matrix, como o Diagnosis, o QC e o Workflow. Quanto maior o nível de automação do laboratório, maiores são as chances de resolver os problemas no laboratório. Entre outras funcionalidades, pode-se destacar as que otimizam as diversas etapas dos processos do laboratório, como os exemplos a seguir:

  • alertas e delta-check;
  • dicionários de padronização de resultado;
  • histórico de resultados;
  • facilidade de liberação de exames com técnicas manuais;
  • liberação automática baseada em flags e dados do paciente;
  • integração com laboratórios de apoio;
  • possibilidade de inserir fórmulas de conversão nos resultados.

A integração com o LIS

A integração entre os softwares ocorre por meio do desenvolvimento de protocolos de comunicação com os mais diversos layouts de sistemas de laboratórios existentes. Pode parecer um pouco complexo, mas é comum na área de TI que haja comunicação entre os sistemas.

Um fato relevante é que o protocolo criado pela Matrix é conhecido e utilizado por diversos LIS e HIS (Hospital Information System) do mercado, facilitando muito o processo de integração. A Matrix tem uma grande expertise em automatizar laboratórios hospitalares, onde o Connect se integra ao sistema laboratorial do HIS instalado no hospital.

Os problemas que o Matrix Connect ajuda a resolver

Simplificadamente, caso não haja interfaceamento, o laboratório é obrigado a digitar todos os resultados, gerando grandes riscos de transcrições de valores equivocados para os pacientes. Adicionalmente, diversos testes requerem cálculos que, sem um sistema, precisariam ser feitos manualmente, havendo um risco de serem calculados erroneamente.

Com o Matrix Connect, os resultados chegam de forma automática, sem erros. Resultados com valores alterados podem gerar alertas para o liberador, através de simples configurações. Também é possível padronizar os resultados para liberação no laudo, inclusive dos setores com rotinas sem equipamentos.

A diferença entre um driver de comunicação e o Matrix Connect

O Matrix Connect é o sistema que se comunica com os equipamentos através de drivers, que são programas responsáveis pela comunicação entre um sistema e um equipamento de automação. Para comunicação com cada equipamento, existe um driver correspondente. Todos os drivers estão dentro do Connect, que centraliza informações de todos os instrumentos, permitindo que o responsável gerencie toda a operação da fase analítica de um laboratório, desde o momento em que as amostras entram na área técnica até a liberação dos resultados para o LIS.

A implementação do Matrix Connect no laboratório

A Matrix segue uma metodologia de implantação que segue os seguintes passos:

  • aprovação de proposta comercial e contrato;
  • checagem dos pré-requisitos;
  • agendamento da atividade;
  • implantação;
  • homologação;
  • acompanhamento da entrada em produção.

O prazo de implantação depende das condições do sistema do laboratório. O cliente pode já usar o Connect, ter um equipamento igual interfaceado e deseja fazer uma cópia da interface. Ou já usa o Connect e deseja interfacear um equipamento novo, que adquiriu recentemente. Ou ainda não é usuário do Connect, necessitando de treinamento e mais tempo para se familiarizar com o sistema. Assim, o prazo para implantação pode demorar de algumas horas a três dias em média. Podemos citar duas exceções que são os equipamentos de microbiologia (que por ser personalizada para cada cliente, leva em média três semanas) e os prés ou pós-analíticos (cuja implantação leva em torno de uma semana). Vale ressaltar que a implantação pode ser feita remotamente na grande maioria dos casos, bastando que o cliente disponibilize o acesso para a Matrix.

O segredo do sucesso do Matrix Connect

É um conjunto de fatores, como:

  • larga experiência de décadas, em todos os tipos de laboratórios de análises clínicas, públicos ou privados;
  • parceria com praticamente todos os fabricantes e distribuidores de equipamentos;
  • know-how e agilidade no desenvolvimento de novos drivers;
  • metodologia de implantação ágil;
  • sistema que se estabiliza rapidamente após entrada em produção;
  • os benefícios são percebidos imediatamente pelo cliente após a implantação;
  • sistema consagrado no mercado, com milhares de interfaces em produção.

Quais são os diferenciais do Matrix Connect?

O Matrix Connect não é apenas um driver, é um sistema gerenciador com vários recursos que possibilitam a integração de cada fase dos processos feitos no laboratório, trazendo diversas vantagens para o negócio. Além disso, o Connect faz parte do Matrix Middleware, que também conta com os produtos Matrix QC e Matrix Workflow.

Com essas informações, fica mais claro como o interfaceamento dos equipamentos laboratoriais é essencial para o bom funcionamento dos processos que são realizados diariamente na rotina do laboratório. Logo, é importante investir em um software de qualidade, para impulsionar o sucesso do laboratório num mercado altamente qualificado e competitivo como é o de análises clínicas, garantindo a qualidade do atendimento aos pacientes.

Gostou de conhecer melhor o Matrix Connect? Entre em contato conosco e peça mais informações!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.