Quais são as vantagens da informatização para os laboratórios públicos?

laboratórios públicos
10 minutos para ler

Os laboratórios, de forma geral, são partes essenciais da complexa rede que garante a saúde da população. Dessa forma, todos os processos que os envolvem — sejam laboratórios privados ou laboratórios públicos — necessitam de agilidade e precisão, possibilitando aos pacientes os melhores e mais confiáveis resultados. Com isso, é possível garantir o bem-estar de todos os envolvidos.

Além de todas atividades de um laboratório privado, os laboratórios públicos estão diretamente vinculados com o controle epidemiológico e sanitário de uma população. A tecnologia possibilita a geração de dados imprescindíveis para esses controles, sempre de forma muito mais rápida e eficiente.

Todos sabemos que a informatização no setor público não é tão frequente quanto nos laboratórios mantidos pela iniciativa privada. Por isso, a Matrix traz este artigo elaborado a partir da entrevista com o Daniel Alves, Gerente de Soluções em Novos Negócios da Matrix, para ajudá-lo nas decisões sobre a importância da tecnologia nesse setor.

Pela experiência da Matrix em informatizar laboratórios públicos, este conteúdo pretende explanar as inúmeras vantagens da tecnologia em termos de agilidade, segurança e otimização da mão-de-obra. Ainda neste artigo falamos também sobre o que mudou com a nova lei das licitações.

Se você quer saber mais sobre como isso pode ser feito em seu laboratório e como obter ajuda nessa tarefa, continue acompanhando o nosso artigo e fique por dentro das novidades que trazemos especialmente para você, acompanhando nossos artigos.

Qual é a importância da informatização dos processos nos laboratórios?

Você tem problemas com falta de pessoal, dificuldades no envio de relatórios para o Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica, falta de indicadores mostrando a produtividade, convive com retrabalhos, gasto excessivo com impressões, demora na emissão de laudos? Os sistemas têm foco em solucionar as dificuldades dos laboratórios através da informatização.

Muitas vezes, os laboratórios não possuem processos bem definidos, ocasionando dificuldades na rotina, que normalmente é intensa. A importância da informatização laboratorial está, em grande parte, na organização da padronização dos processos. Por exemplo, na padronização do pré-atendimento na chegada do paciente, do fluxo de encaminhamento para o procedimento de coleta e da acomodação do material colhido em local adequado até a etapa seguinte, que é o envio do material para o Núcleo Técnico Operacional (NTO), onde será processado e terá seu laudo liberado para o paciente.

Os processos informatizados, bem definidos e sincronizados geram economia para o laboratório, e refletem diretamente na rapidez, na eficiência e na segurança de todo fluxo. A tecnologia permite atender a demanda crescente desse mercado altamente competitivo.

Como se diferenciam os processos de laboratórios públicos, dos processos de laboratórios privados?

Os processos técnicos dos laboratórios públicos e privados são muitos semelhantes, mas existe um hiato que vale a pena ser observado: entre eles estão algumas limitações de recursos, principalmente de infraestrutura e de mão de obra. Ambientes públicos requerem uma quantidade maior de processos, onde notoriamente, um bom sistema de gestão faz toda diferença.

Outra peculiaridade é o faturamento dos laboratórios públicos. É uma característica bastante específica, pois a verba para o funcionamento é distribuída mensalmente e a única forma de garantir o recebimento está no cumprimento das metas dos procedimentos realizados. Para dar mais clareza para essa questão, listamos a seguir os formatos de faturamentos mais comuns no ambiente público:

·          AIH(Autorização de Internação Hospitalar);

·          BPA(Boletim de Procedimento Ambulatorial);

·          APAC(Autorização de Procedimentos de Alta Complexidade).

No ambiente ambulatorial é utilizado o modelo BPA, regido pela tabela SIGTAP (Sistema de Gerenciamento da Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS). O Matrix Diagnosis tem o recurso de importar essa tabela automaticamente, tornando desnecessária a conferência visual dos valores divergentes da tabela atual. 

“Ademais, o nosso sistema também gera o arquivo em formato eletrônico para importação no Software do Ministério, deixando tudo mais simples e seguro, tanto para o paciente quanto para os colaboradores”, diz Daniel Alves.

Quais são as dificuldades que os laboratórios públicos enfrentam sem a informática?

Os desafios são diversos e repletos de complexidades. Até porque, atualmente, são bem raros os laboratórios públicos que não contam com alguma parte do processo informatizado. Isso se deve ao fato de que, dependendo do modelo da instituição, existem algumas plataformas públicas disponibilizadaspelo governo para uso dos laboratórios.

Como exemplo, é válido citar os LACENs, laboratórios municipais ou estaduais, que muitas vezes utilizam o GAL (Gerenciador de Sistema Laboratorial), e também laboratórios emambientes hospitalares que utilizam o módulo laboratorial do DATASUS.

Mas o maior problema desse cenário é que os laboratórios públicos ficam apenas parcialmente informatizados, porque muitos dos processos laboratoriais não são contemplados por essas soluções, já que esses sistemas foram idealizados apenas para atender os processos mais básicos. Um exemplo disso é que elas não contam com interfaceamento dos instrumentos analíticos, entre outros inúmeros processos e funcionalidades necessários para os laboratórios.

De que forma a Matrix pode ajudar nesses processos?

São quase4 décadas de experiência que a Matrix possui em sua história, sempre fornecendo soluções exclusivamente para o Setor de Medicina Diagnóstica. Ao longo dos anos, milhares de implementações deram a Matrix um vasto expertise nos mais variados ambientes como: Laboratórios de Análises Clínicas, Centros de Medicina Diagnóstica, Laboratórios de Apoio, Conectividades com Instrumentos de Análise, Integrações entre sistemas, entre outros não menos importantes.

“Estamos preparados para encontrar soluções na cadeia de processos, contando com uma equipe extremamente qualificada e multidisciplinar, a qual incluem-se Engenheiros, Analistas de Sistemas, Farmacêuticos, Biomédicos, Biólogos entre outros, sempre buscando maior agilidade e aprimoramento no atendimento”, diz Daniel.

A experiência aliada a um time de especialistas, que atuam antes, durante e depois da implantação, contribuem para o sucesso da informatização dos laboratórios, desde a confecção do projeto adequado para o cliente, de acordo com o edital, até a entrada em produção das soluções.

 Quais foram os desafios da Matrix na informatização de laboratórios públicos?

Toda implantação de softwares em um laboratório, seja público ou não, requer conhecimento, cuidado e habilidade na condução dos trabalhos — os especialistas da Matrix comparam a atividade como trocar a roda de um carro em movimento, pois a implantação toda acontece sem que o laboratório pare suas atividades em momento algum.

Os desafios fazem parte do processo de informatização, as implantações exigem muitas horas de planejamento do Gerente de Projetos, inúmeras reuniões com os gestores do laboratório, definição do cronograma e carga horária diária para prever a data de entrada em produção dos sistemas.

Um dos desafios que podemos citar também é a dificuldade que essas instituições enfrentam na aquisição da infraestrutura necessária para implantação dos softwares. Muitas vezes é necessário que os sistemas sejam adaptados a infraestrutura já existente, até que consigam a compra de servidores e estações, por exemplo.

Mas não há nada que impeça a implantação, desde que o laboratório público esteja convicto dessa necessidade. E a Matrix está apta a dar todo apoio necessário.

O que mudou com a nova lei das licitações?

De uma forma geral, a Lei nº 14.133/2021 consolida a lei de licitações e contratos administrativos, que estavam distribuídas na Lei Geral de Licitações (Lei nº 8.666/93), na Lei do Pregão (Lei nº 10.520/2002) e na Lei nº 12.462/2011, que dispõe sobre o Regime Diferenciado de Contratações (RDC). A nova lei nº 14.133 sancionada em 1º de abril de 2021, traz importantes aperfeiçoamentos, consolidando boas práticas, introduzindo novos institutos e corrigindo falhas pontuais do sistema licitatório brasileiro. Algumas mudanças importantes:

·        Compra pela modalidade TÉCNICA e PREÇO. É o tipo de licitação onde a proposta é mais vantajosa para a Administração pública. A adoção desta modalidade, possibilita realizar uma comparação objetiva das propostas concorrentes.

·        Tempo de contrato. Se o contrato previr a operação continuada de sistemas estruturantes de tecnologia da informação, ele poderá ter vigência de até 15 (quinze) anos.

A Matrix já informatizou laboratórios municipais? Como foi esse processo?

A resposta é sim! A Matrix já informatizou dezenas de laboratórios municipais e com os mais diversos perfis. A quantidade de processos é o que define o tempo e a complexidade da implantação — normalmente o laboratório tem alguma solução sistêmica que não atende algum processo atual ou diverge da nova proposta. É nesse ponto que nós começamos a trabalhar.

O projeto arquitetado pelo Gerente de Projetos sempre é recebido com entusiasmo, pois é repleto de novidades e ganhos no processo, que não era assistido anteriormente em capacidade plena.

Destaca-se, também, que a cumplicidade do cliente e a sinergia nos trabalhos são necessárias e muito bem-vindas para que as implantações sejam fluidas e com muita leveza, assim comoo dinamismo requerido para completarmos essa jornada.

O principal foco é a satisfação da população, todo o processo implantado no laboratório visa reduzir o tempo de permanência do paciente no laboratório, com processos que agilizam o pré-atendimento, a recepção, a coleta, com processamentos eficientes e sem erros. Tudo isso resulta em uma entrega de laudos mais rápida e reflete diretamente no intervalo de retorno do paciente nas consultas.

Portanto, vemos que o processo de informatização de laboratórios públicos é algo complexo, mas praticável na medida em que a experiência fala mais alto na hora da implementação desses sistemas exigidos por um mundo cada vez mais conectado.

Se você ficou com alguma dúvida sobre como a Matrix pode ajudar você na implementação dessas e outras tecnologias para melhorar os seus negócios, não deixe de entrar agora mesmo em contato com um de nossos especialistas. Descubra o que reservamos de melhor para você!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.