Saiba como escolher o melhor sistema de gestão laboratorial com 6 dicas!

sistema de gestão laboratorial
6 minutos para ler

A utilização da tecnologia já é uma realidade bem presente em laboratórios de análises clínicas, modernizando a rotina desses estabelecimentos. Nesse cenário, o sistema de gestão laboratorial se destaca como uma ferramenta essencial para aprimorar o atendimento aos pacientes e todos os processos.

Todas as etapas dentro do laboratório podem ser feitas manualmente, mas somente através de um bom software é que o gestor poderá ter segurança, agilidade, rastreabilidade e visibilidade de todos os processos dentro da sua empresa. Bons processos automatizados, trarão resultados positivos e duradouros.

Pensando nisso, preparamos 6 dicas de como escolher um bom sistema de gestão laboratorial para te ajudar nessa tarefa. Confira!

1. Pense nas suas necessidades e as funcionalidades que você precisa na hora de escolher

Antes de tudo, é essencial compreender quais são as necessidades do seu laboratório. Um bom software permite que seja criada uma configuração personalizada para cada estabelecimento. Afinal de contas, o software deve trazer, de fato, otimizações, sendo um custo muito vantajoso.

É necessário conhecer e compreender as características, as necessidades e os recursos mais utilizados pelo seu laboratório. Você sabe como fazer isso? Organize as demandas, faça pesquisas com seus colaboradores e pacientes, descubra onde estão os gargalos. Seu laboratório aceita convênios, tem conectividade com laboratórios de apoio, tem postos de coleta, tem interfaceamento?

É importante que esses e outros pontos sejam levados em consideração na escolha do sistema de gestão laboratorial ideal, pois a chave para que essa implantação proporcione bons frutos é encontrar uma ferramenta que consiga atender as necessidades do seu negócio.

2.Prepare a estrutura para o novo software

Depois de descobrir as necessidades, fica muito mais fácil saber qual infraestrutura será necessária para que a implantação aconteça. Um laboratório que tem vários postos de coleta, por exemplo, precisa ter comunicação ininterrupta, integral e com acesso à todos eles.

A equipe de TI deve estudar a velocidade da internet necessária para realizar a comunicação entre todos os computadores, qual será o tamanho do servidor para armazenar todos os dados, o tipo de processador, a quantidade de computadores que acessarão o servidor, o volume de exames, entre outros itens, tudo para que o sistema tenha as condições ideais para sua melhor performance.

O fornecedor do Sistema de Informação Laboratorial é capaz de ajudar a sua TI nessas questões.

3.Pense no cliente e em como será o atendimento dele com a nova ferramenta

O atendimento que o seu laboratório oferece logo na entrada do estabelecimento é de suma importância para a satisfação dos pacientes e, por esse motivo, deve ser realizado de forma rápida e eficaz.

O cadastro do paciente, a digitação dos exames, a recuperação dos dados, o autorizador online… tudo deve ser pensado para diminuição do tempo de espera do paciente. Um bom software ajuda o laboratório para que não tenha glosas e isso deve ser previsto desde o início do processo, na entrada do paciente.

Envios de SMS para os pacientes lembrando de seus exames agendados ou que os laudos estão prontos, são funcionalidades simples, que costumam ter um impacto muito positivo.

Se o laboratório está dentro de um hospital, deve ser feita uma integração com o sistema hospitalar, que já trará todos os dados do paciente e do pedido, enviando automaticamente os laudos para o sistema de origem.

É importante ressaltar que um paciente que está satisfeito se torna fiel ao seu laboratório e atrai novos clientes.

4.Verificar a reputação da empresa

É de extrema importância realizar uma boa pesquisa sobre as empresas que fornecem sistemas de gestão laboratorial, apurando seu histórico, reputação e a experiência acumulada pela companhia. Para tal, busque pelo nome em sites do setor ou mesmo no Google.

Mesmo que conste alguma reclamação sobre seus serviços, não significa que a organização seja necessariamente ruim. Normalmente, o mais relevante é verificar a solução apresentada para o problema que foi exposto.

Visite também as redes sociais de todas empresas que investigar, especialmente a sessão de comentários, para ter uma percepção mais ampla da marca.

O mais importante: converse com outros clientes que utilizam o software que deseja contratar, pergunte como é o atendimento, o suporte e a performance dos sistemas.

5.Suporte técnico

Existem alguns fornecedores de LIS (Sistema de informação laboratorial) que não disponibilizam suporte técnico. Caso ocorra algum problema na ferramenta, conforme a gravidade, pode ser que todos os processos do laboratório sejam interrompidos até que o sistema volte a funcionar.

Por esse motivo, ao escolher um LIS, é indispensável que avalie se há suporte técnico, para que não haja risco de surpresas futuras, como a parada total do sistema. Se a sua empresa funciona ininterruptamente, veja se o seu futuro fornecedor tem condições de oferecer um suporte 24×7.

6.Atualizações

Não adianta contar com um sistema de gestão laboratorial se a ferramenta ficar parada no tempo, sem possibilidade de melhorias, e que muitas vezes sequer acompanha as mudanças na legislação. Os melhores sistemas laboratoriais do mercado, já evoluíram muito com o passar dos anos e continuam evoluindo, para atender as necessidades e sugestões dos clientes que os utilizam – essa é uma diferença crucial entre um software de mercado e um sistema feito pelo próprio laboratório.

Após essas informações, provavelmente deve ter ficado muito mais fácil escolher o sistema de gestão ideal para seu laboratório, não é mesmo? Ainda assim, é sempre bom contar com a ajuda especializada de uma empresa de credibilidade no mercado.

A Matrix pode te ajudar nessa missão através das suas soluções como o Diagnosis, para a gestão do seu laboratório clínico ou centro de diagnóstico por imagem. Junto com outros produtos ou módulos, ele será a ferramenta para ajudar a elevar a produtividade e qualidade do seu laboratório.

Agora que você sabe como escolher o melhor sistema de gestão laboratorial, entre em conosco e saiba quais as soluções que temos para potencializar seu negócio. Acessa já a nossa página!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.